O Que Fazer no Chile?

O Que Fazer no Chile: Um Guia Completo para Sua Viagem

O Chile é um país de contrastes fascinantes, com paisagens que vão desde o deserto mais seco do mundo até geleiras imponentes no extremo sul. Planejar uma viagem ao Chile pode ser uma experiência enriquecedora e inesquecível. Aqui estão algumas dicas e recomendações sobre o que fazer no Chile para aproveitar ao máximo sua visita.

1. Explorar Santiago

A capital do Chile, Santiago, é uma metrópole vibrante que combina história e modernidade. Não deixe de visitar:

  • Cerro San Cristóbal: Suba de funicular ou a pé para ter uma vista panorâmica da cidade.
  • Palácio de La Moneda: A sede do governo chileno oferece visitas guiadas e uma oportunidade de aprender sobre a história política do país.
  • Museu Chileno de Arte Pré-Colombiana: Um dos museus mais importantes da América Latina, com uma vasta coleção de artefatos indígenas.

As Principais Vinícolas de Santiago: Para os Amantes de Vinho

Santiago, a capital do Chile, não é apenas uma metrópole vibrante e cultural, mas também um excelente ponto de partida para explorar algumas das melhores vinícolas do país. A proximidade com vales vinícolas renomados faz de Santiago um destino imperdível para os amantes de vinho. Aqui estão algumas das principais vinícolas próximas à cidade que você não pode deixar de visitar:

1. Concha y Toro

Localização: Pirque, cerca de 30 minutos de Santiago.

Concha y Toro é a vinícola no Chile mais famosa e uma das maiores produtoras de vinho da América Latina. Fundada em 1883, oferece uma experiência completa com visitas guiadas, degustações e a chance de conhecer a mítica “Casillero del Diablo”, a adega lendária da vinícola.

Destaques:

  • Tour pela adega histórica “Casillero del Diablo”.
  • Degustações de vinhos premium.
  • Lindo jardim e arquitetura impressionante.

2. Viña Santa Rita

Localização: Alto Jahuel, Buin, cerca de 45 minutos de Santiago.

Viña Santa Rita é uma vinícola no Chile histórica fundada em 1880. Além dos excelentes vinhos, o local oferece um museu de arte pré-colombiana, o Museu Andino, e um restaurante gourmet.

Destaques:

  • Museu Andino com coleção de artefatos pré-colombianos.
  • Degustações de vinhos de alta qualidade.
  • Restaurante “Doña Paula” com cozinha gourmet chilena.

3. Viña Cousiño Macul

Localização: Macul, dentro da área urbana de Santiago.

Fundada em 1856, Cousiño Macul é uma das vinícolas mais antigas do Chile e uma das poucas ainda administradas pela família fundadora. A vinícola oferece tours que incluem a visita às vinhas, adegas antigas e modernas.

Destaques:

  • Adegas históricas do século XIX.
  • Tours e degustações personalizadas.
  • Localização conveniente dentro de Santiago.

4. Viña Undurraga

Localização: Talagante, cerca de 40 minutos de Santiago.

Fundada em 1885, Viña Undurraga é conhecida pela produção de vinhos de alta qualidade e sua bela propriedade. O tour pela vinícola inclui visitas aos vinhedos, adegas e o interessante jardim de variedades de uvas.

Destaques:

  • Degustações de vinhos premiados.
  • Jardim de variedades com diferentes tipos de uvas.
  • Tours que explicam o processo de vinificação detalhadamente.

5. Viña Almaviva

Localização: Puente Alto, cerca de 45 minutos de Santiago.

Almaviva é uma joint venture entre a vinícola chilena Concha y Toro e a vinícola francesa Baron Philippe de Rothschild. Conhecida por seus vinhos de alta gama, Almaviva oferece uma experiência exclusiva de degustação.

Destaques:

  • Produção de vinhos ultra-premium.
  • Visitas exclusivas e intimistas.
  • Degustações de alguns dos melhores vinhos do Chile.

6. Viña Aquitania

Localização: Peñalolén, cerca de 30 minutos de Santiago.

Uma vinícola boutique fundada por enólogos franceses e chilenos, Aquitania oferece uma experiência mais íntima e personalizada. A vinícola é pequena, mas seus vinhos são de alta qualidade.

Destaques:

  • Ambiente acolhedor e exclusivo.
  • Degustações personalizadas.
  • Tours guiados pelos próprios enólogos.

2. Aventurar-se no Deserto do Atacama

Considerado o deserto mais seco do mundo, o Atacama oferece paisagens surreais e atividades únicas:

  • Vale da Lua e Vale da Morte: Paisagens que parecem de outro planeta, perfeitas para caminhadas e fotografia.
  • Gêiseres de El Tatio: Visite este campo geotérmico ao amanhecer para ver os gêiseres em plena atividade.
  • Lagunas Altiplânicas: As lagoas Miscanti e Miñiques, cercadas por vulcões, são imperdíveis.

3. Conhecer a Região dos Lagos

Ao sul de Santiago, a Região dos Lagos é famosa por suas paisagens pitorescas e atividades ao ar livre:

  • Puerto Varas: Uma charmosa cidade à beira do Lago Llanquihue, com vista para o vulcão Osorno.
  • Parque Nacional Vicente Pérez Rosales: Ideal para trilhas, pesca e observação da vida selvagem.
  • Frutillar: Uma cidade com forte influência alemã, conhecida por suas casas de madeira e pelo Teatro del Lago.

4. Descobrir Valparaíso e Viña del Mar

A cerca de 120 km de Santiago, essas cidades costeiras oferecem uma combinação de cultura, história e praias:

  • Valparaíso: Conhecida por suas casas coloridas e murais de arte de rua, a cidade é um Patrimônio Mundial da UNESCO.
  • Viña del Mar: Famosa por suas praias, jardins e o Festival Internacional da Canção.

5. Apreciar a Patagônia Chilena

Para os amantes da natureza e da aventura, a Patagônia chilena é um destino imperdível:

  • Torres del Paine: Um dos parques nacionais mais espetaculares do mundo, ideal para trilhas e observação de fauna.
  • Puerto Natales: A porta de entrada para Torres del Paine, esta cidade oferece várias opções de turismo de aventura.
  • Geleira Grey: Uma impressionante geleira que pode ser visitada de barco ou através de trilhas.

6. Relaxar no Vale do Colchagua

Para os apreciadores de vinhos, o Vale do Colchagua é uma região vinícola de renome internacional:

  • Santa Cruz: Uma pequena cidade que serve como base para explorar as vinícolas da região.
  • Tours de vinícolas: Visite algumas das vinícolas mais prestigiadas do Chile e deguste vinhos de alta qualidade.

7. Visitar a Ilha de Páscoa

Localizada a mais de 3.500 km da costa chilena, a Ilha de Páscoa é famosa por suas misteriosas estátuas de pedra, os moais:

  • Rano Raraku: O vulcão onde os moais foram esculpidos.
  • Ahu Tongariki: O maior ahu (plataforma) da ilha, com 15 moais.
  • Anakena: Uma das poucas praias de areia branca da ilha, ideal para relaxar.

Conclusão

O Chile é um país de extremos e diversidade, oferecendo experiências únicas para todos os tipos de viajantes. Seja explorando cidades vibrantes, desbravando desertos áridos, relaxando em vinícolas ou aventurando-se em paisagens patagônicas, o Chile tem algo especial para cada visitante. As vinícolas próximas à capital oferecem experiências inesquecíveis para os apreciadores de vinho. Prepare-se para uma viagem inesquecível e aproveite tudo o que este incrível país tem a oferecer! Além de ser um ótimo destino o Chile é um dos países que brasileiros podem visitar sem visto, apenas com o R.G.